ENSAIO DE ABRASÃO TABER

ENSAIO DE ABRASÃO TABER

ENSAIO DE ABRASÃO TABER PARA REVESTIMENTOS ORGÂNICOS (ASTM D4060)

 

Ensaio de Abrasão TABER para Revestimentos orgânicos (ASTM D4060)

Encontrado em inúmeras aplicações comerciais e industriais, revestimentos orgânicos são tipicamente usados ​​para proteger ou embelezar superfícies. Tipos comuns incluem pinturas; vernizes e revestimentos industriais.

Muitas vezes, as empresas tendem a estar mais preocupadas com a aparência do produto final do que a performance dos revestimentos. “Quais cores devem ser oferecidas” ou “onde o logotipo da empresa deve ser pintado” são questões debatidas com mais frequência do que a capacidade do revestimento para a resistência a abrasão. Isso pode ser um erro crítico! Não só os revestimentos tornam seu produto bom, eles oferecem proteção contra danos superficiais, como corrosão, abrasão e arranhões.

Análise:

O método de teste padrão ASTM D4060 para a resistência à abrasão de revestimentos orgânicos pelo método Taber Abraser está entre os testes mais comuns para avaliar a resistência à abrasão dos revestimentos.

Referido como o “Teste Taber”, um revestimento é aplicado em um plano, superfície rígida.

Corpos de Prova: Dimensões: Quadrado:100 mm x 100 mm ou Circular: Diâmetro 100 mm Furo Central: 8,0 mm. Massa Máxima do Corpo de Prova: 200 gramas

A amostra de teste é montada na plataforma giratória Taber Abraser e roda a uma velocidade fixa sob uma roda abrasiva CS-10 ou CS-17 (ver tipos de discos abrasivos).

Um sistema de vácuo remove quaisquer detritos soltos gerados durante o teste. Antes de cada teste e após cada 500 ciclos, as rodas abrasivas são planadas com um disco S-11 para padronizar as superfícies das rodas. No final do teste, a resistência ao desgaste pode ser expressa em termos de:

Índice de desgaste, perda de peso por número específico de revoluções (geralmente 1000) sob uma carga especificada (500 ou 1000 g);

Ciclos de desgaste por mil (unidade de medida inglesa), o número de ciclos necessários para usar através de uma camada de revestimento de 1 mil, equivalente a 0,0254 milímetros (25,4 microns).

Ciclos até a falha, o número de ciclos de teste para desgastar o revestimento ou para expor o substrato.

Mas o teste não é tão simples como pode aparecer. Supondo que seu Taber Abraser esteja em calibração, a variação ainda pode ser introduzida nos resultados do teste. Fontes freqüentemente ignoradas incluem:

(1) tipo de placa de teste (deve ser rígido e ter ambas as superfícies substancialmente planas e paralelas)

(2) preparação da superfície da placa de teste

(3) método de aplicação da película de teste (pulverização, imersão ou aplicador de filme)

(4) tempo de cura do revestimento

Beneficios:

A maioria dos consumidores acredita que o preço pago por um produto está diretamente relacionado ao seu nível inerente de qualidade.

Quão robusto o produto é antes de se tornar danificado ou “desgastado” é um elemento essencial desta qualidade percebida.

No ambiente competitivo de hoje, os fabricantes envolvem esforços significativos para minimizar os custos de produção para se manterem competitivos. Esses esforços podem envolver a mudança de fornecedores de materiais ou a especificação de um tipo diferente de acabamento. Infelizmente, muitas vezes as mudanças são feitas sem a devida consideração de como elas afetarão o desempenho do produto. Empregar um programa de teste significativo é um passo necessário para validar a qualidade do seu produto e garantir que o revestimento que você especifica atenderá às sua expectativa e dos seus clientes.

Fonte : http://www.abrasiontesting.com/case-studies/organic-coatings-astm-d4060/

Tradução e adaptação : Marcelo Gomes

× Whatsapp